Terça-feira, 4 de Setembro de 2007

Olho de Pirata

Agora estou assim, uma espécie de pirata, de olho vendado num combate exaustivo ao clã “alergias”.

O Olho sempre vermelho - num tom irritado com as poeiras e outros elementos agressivos que o corroem – procura sossego entre todas as inflamações que o provocam e o obrigam a fechar num silêncio contrariado. O problema reside aí, mas ele não sabe, desconhece e mantém-se triste por não poder olhar como quer, mas mantém-se. É um facto que nunca se fecha totalmente, que mesmo quando devolve o corpo ao “in” deixa a porta semi-aberta, como se precisasse de também alimentar o “consciente”. E nunca soube pestanejar com a devida regularidade, como aprendeu (ou devia ter aprendido na formação oferecida pelo Cérebro). Tudo se resume à sua sede de absorver o mundo, não numa imagem geral, mas cheia de pormenores, cheia de elementos de variadas cores.

Agora o Olho Direito trabalha pelos dois, sempre cauteloso pelo pânico de falhar perante o companheiro, que agora num escuro silencioso mantém todas a cores que o alimentaram presentes, num colorido alegre e quente.

estou: bem-disposta
música: silêncio
tags: , ,
por InConsciente às 10:40
link do post | comentar | favorito
|

InConsciente de mim


ver perfil

seguir perfil

. 1 seguidor

pesquisar

Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

rascunhos InConscientes

Um Verão...

(RE)começar

Sem assunto 11

Triste e Ausente

Miana, a Caçadora

Hoje é...

Soube bem:

Sem título 18

19.04.1982

para espreitar

tags

todas as tags

InConscientes passados

imagens de mim | por mim

subscrever feeds