Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

Pets

Acordar às 6h30 com o Sr. Faísca a disputar a sua virilidade com outro Gato, que não consegui reconhecer pelo miar (mas estou certa de que seria o Sheeba), "num" dá com nada! Noite mal dormida...

Começou por ter adormecido no sofá, o que me faz perder o sono;
Depois, um frio que não me deixava adormecer, mesmo estando enroscada no F. e completamente coberta com a tonelada de mantas;
Finalmente adormeço após um esforço imenso;
Ainda com pouco tempo de sono seguido, o Sr. Faísca resolveu mostrar quem manda na rua...;
Às 7h00 tocou o despertador... Vida dura :P


O Faísca é um gato que salvei da minha Sasha. Acordei às 2h00 da manhã com um grande e sonoro estardalhaço e quando cheguei ao sítio de onde vinha o barulho, o cenário não era nada agradável... Um gato tinha entrado no território da Sasha e o resultado não era nada bom... Tirei os cães de lá, pu-los a dormir na cozinha, e de manhã cedo lá consegui tirar o gato que se tinha escondido dentro de uma das casotas dos meus farruscos. Limpar tudo; desinfectar o cheiro do gato; gato no veterinário; ouvir um discurso do pai a dizer para eu não inventar que com aquele eu não ficava; tentar descobrir o dono (que ainda hoje não sei quem é). O Faísca sobreviveu! Voltou em forma, ainda dormiu uma noite cá em casa, e no dia a seguir, de manhã, deixei-o sair e voltar ao seu lar (a veterinária colocou-lhe uma coleira a dizer onde ele tinha andado durante aqueles dias). Agora, como agradecimento, ele vem cá a casa lutar com as minhas gatas (grrr) e com qualquer gato que lhe apareça à frente. Foi assim que lhe dei o nome, Faísca. Ele gosta de festas... mas é dos amigos humanos, cá amizades com gatos não é com ele.


O Sheeba volta e meia vem fazer-nos uma visita. Avisa que está lá fora com o seu miar muito característico. É um doce, não faz mal nenhum, só quer mesmo conviver! Claro que nada é perfeito e tem um hábito muito mau, próprio dos machos: pois, faz xixi pelo quintal todo... Quando ele aparece é sagrado o mau cheiro e a limpeza obrigatória. Mas é um amor de gato. Até o meu pai me chegou a dizer: "Leva-o ao veterinário, vê se está tudo bem, vacinas e assim que é para ele poder vir para dentro de casa. É mesmo bonito o gato..." | "Pois pai, ele tem dono. Vem aqui por causa da Mia e da Mel. E além disso adora marcar território." | "Mas eu gosto mesmo dele...".


(O Lamas na madrugada em que o Faísca entrou no território canino, andava aos pulos, ladrava com a excitação, mas acho que nem lhe sentiu o cheiro... nem deve ter percebido o porquê daquela loucura toda da parte da mãe, a Sasha.)


Dormi mal e estou cheia de sono e sem vontade nenhuma de sair para ir ao banco. Dói-me a cabeça do sono às postas e estou decididamente lerda.

estou: com sono
música: vozes ao longe
por InConsciente às 09:56
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Eunice Rosado Batalha a 5 de Fevereiro de 2008 às 17:16
Oh... Adorei! Bem a cconfusão não deve ser fácil de gerir, mas a forma como a contas é uma delicia ;)!
De InConsciente a 7 de Fevereiro de 2008 às 21:23
:) Obrigada! Sim, foi uma confusão daquelas... Já apanhei uns sustos valentes, mas ficam para outro episódio de "Pets".
Beijos para a matilha Batalha

comentar post

InConsciente de mim


ver perfil

seguir perfil

. 1 seguidor

pesquisar

Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

rascunhos InConscientes

Um Verão...

(RE)começar

Sem assunto 11

Triste e Ausente

Miana, a Caçadora

Hoje é...

Soube bem:

Sem título 18

19.04.1982

para espreitar

tags

todas as tags

InConscientes passados

imagens de mim | por mim

subscrever feeds