Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

Uma nova experiência

Uma nova experiência


Hoje fiz uma biopsia. Não custa, não dói, nem sequer se dá conta que nos estão a tirar um quadrado da nossa pele. O que custa mesmo é a palavra em si. Não fui lá com este propósito, mas como há um ano que tenho umas manchas (um fungo ou qualquer coisa do género) e o tratamento não resulta e também não há melhoras (eu até queria escrever o nome técnico, mas não me lembro do palavrão correcto), toma! Biopsia! Não deve ser nada de grave, acho eu, que de médica não tenho nada. Mas a palavra biopsia gela um bocado o meu lado racional... Eu bem digo que não gosto de ir ao médico, porque ou venho com mais uma dose de tratamentos, ou com mais qualquer coisa que eu nem senti, nem dei conta que existia... e depois fico perdida a pensar em parvoíces até ter a certeza de que está tudo bem! Aí, sai um suspiro bem profundo, acompanhado de um alívio bem grande no pensamento.

Há algumas palavras que têm um certo automatismo para activar o pânico e o pessimismo. Por mais optimistas que sejamos, por mais certezas que de que é só uma precaução, num dá! Foi uma nova experiência, que correu bastante bem, porque enquanto tiravam a amostra para análise não faltou conversa nem risadas :) Foi bom, porque uma pessoa deitada, despida, tapada com uma bata verde transparente, com luzes a incidir sobre o braço para mostrar a 100% a mancha que não desaparece, anseia por qualquer coisa que distraia a concentração em todos os objectos e pormenores daquela sala fria e insípida.

Agora espero, daqui a dez dias tiro os pontos e esqueço-me rapidamente que fiz uma biopsia.

Há palavras que gelam. Há cabeças como a minha que não param e só pensam no que não devem. Há circunstâncias que nos fazem esquecer tudo o que não nos apetece pensar. Há amigos, o melhor de tudo.

estou: preocupada
música: silêncio
por InConsciente às 19:01
link do post | comentar | favorito
|

InConsciente de mim


ver perfil

seguir perfil

. 1 seguidor

pesquisar

Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

rascunhos InConscientes

Um Verão...

(RE)começar

Sem assunto 11

Triste e Ausente

Miana, a Caçadora

Hoje é...

Soube bem:

Sem título 18

19.04.1982

para espreitar

tags

todas as tags

InConscientes passados

imagens de mim | por mim

subscrever feeds